O que é custódia criptográfica e por que é importante?

Por Xerife Tech, 9.04.2023 às 11:42 130

[ad_1]

A custódia de criptografia refere-se ao conceito de armazenar com segurança seus ativos digitais. Enquanto os ativos tradicionais exigem proteção contra roubo, as criptomoedas enfrentam riscos ainda maiores, como ataques cibernéticos e crises de liquidez.

Devido a esses desafios únicos, a custódia de criptomoedas difere da custódia de ativos financeiros convencionais. Então, vamos explorar a custódia de criptomoedas e por que ela é importante para a segurança de seus ativos digitais.

O que é custódia criptográfica?

A custódia de criptografia refere-se ao ato de proteger seus fundos de criptomoeda. Apesar das criptomoedas serem armazenadas em um blockchain, é essencial proteger a chave privada exclusiva da sua carteira criptográfica.

Então, o que é uma chave privada criptográfica? Sua chave privada é uma sequência alfanumérica que permite acesso à sua criptografia. Se alguém obtiver acesso à sua chave privada, poderá roubar sua criptografia, tornando imensa a importância da custódia criptográfica.

Nos últimos anos, o número crescente de usuários de criptomoedas levou ao surgimento de inúmeras soluções de custódia de criptomoedas. Hoje, vários provedores de serviços oferecem custódia de criptoativos, permitindo que você armazene suas chaves privadas com segurança. Com essas soluções, você pode ter certeza de que não perderá suas chaves privadas e seus ativos digitais estarão protegidos contra criminosos.

Por que a custódia de criptografia é importante?

Bitcoin, Ethereum e Ripple com um cartão micro SDHC

Os serviços de custódia têm sido um componente vital do sistema financeiro tradicional, servindo como protetores de seu dinheiro, ouro e outros ativos. Da mesma forma, no espaço criptográfico, os custodiantes protegem seus ativos digitais.

As criptomoedas são altamente vulneráveis ​​a ataques cibernéticos, que podem acabar com as criptomoedas das carteiras dos usuários em segundos. Além disso, seus fundos podem correr o risco de crises de liquidez, como a experimentada pela bolsa FTX. Portanto, é crucial ter um mecanismo para proteger seus ativos digitais e um seguro para protegê-los.

É essencial proteger suas chaves privadas para garantir a segurança de seus ativos, o que exige que você armazene seu complexo código alfanumérico com segurança. Se você perder suas chaves privadas, poderá perder permanentemente o acesso aos seus fundos. Isso destaca a necessidade significativa de soluções de custódia no mercado de criptomoedas para garantir a segurança e a proteção dos ativos digitais.

Como funciona a custódia de criptomoedas?

As soluções de custódia de criptografia são provedores de serviços que atuam como guardiões de seus ativos digitais. A tarefa deles é manter a segurança da chave privada da sua carteira. Além disso, eles oferecem armazenamento fora da cadeia, onde você pode armazenar suas chaves privadas e manter seus acervos criptográficos protegidos contra roubo.

O governo autoriza os provedores de serviços de custódia de criptomoedas e segue regras rígidas de conformidade com criptomoedas, incluindo elementos-chave como procedimentos de conhecimento do cliente (KYC) para registro e aplicação de leis contra lavagem de dinheiro (AML).

Os custodiantes de criptografia também oferecem seguro para seus fundos para cobrir suas perdas em caso de qualquer acidente. Além disso, eles podem validar a propriedade de ativos digitais. Como esses provedores de serviços armazenam suas chaves privadas, eles têm a prova de que você possui os ativos digitais na carteira.

No entanto, os provedores de serviços não são a única maneira de manter a custódia das criptomoedas. Existem várias outras maneiras pelas quais os usuários de criptomoedas podem proteger seus ativos. Por exemplo, você pode usar carteiras de autocustódia para manter as chaves privadas para você.

Tipos de custódia de criptografia

Existem basicamente três tipos de soluções de custódia criptográfica pelas quais se pode optar.

1. Autocustódia

A autocustódia é o ato de manter o controle de seus ativos para si mesmo. Você pode pensar nisso como guardar dinheiro em um cofre em casa, em vez de mantê-lo em uma conta bancária. No entanto, o processo de armazenamento criptográfico de autocustódia é mais complexo do que o dinheiro.

Para manter o controle de seus ativos digitais, você precisa usar uma carteira criptográfica quente ou fria. Isso pode incluir carteiras de autocustódia, como uma carteira móvel, de desktop, de hardware ou de papel. O uso dessas opções permite que você obtenha controle total de seus fundos criptográficos, e nenhum terceiro está envolvido.

No entanto, é essencial observar os riscos envolvidos na autoguardião. Por exemplo, se você perder ou esquecer sua chave privada, não haverá backup e você não poderá abordar terceiros para fornecer acesso aos seus fundos.

2. Custódia de terceiros

A custódia de terceiros é a opção mais popular para armazenar seus fundos digitais. É uma maneira fácil de gerenciar suas carteiras e proteger suas criptomoedas. Com esse tipo de custódia, você pode usar trocas de criptomoedas, bancos custodiantes de criptomoedas ou outras empresas de gerenciamento de ativos digitais.

Uma das vantagens mais significativas da custódia criptográfica de terceiros é que o custodiante gerencia tudo, então você não precisa se preocupar em proteger suas chaves privadas. Além disso, essas instituições são regulamentadas, garantindo boa segurança ao seu patrimônio. Além disso, eles oferecem programas de seguro e cripto.

No entanto, dar o controle de seus ativos a terceiros apresenta alguns riscos. Por exemplo, os custodiantes podem congelar sua conta ou enfrentar a insolvência a qualquer momento. Além disso, você pode ter que pagar taxas de custódia de criptografia por esses serviços.

3. Custódia Parcial

A custódia parcial é um tipo de custódia em que o custodiante terceirizado tem controle limitado sobre seus ativos. Esses custodiantes usam diferentes métodos de acesso, como proteções de assinatura múltipla (MSP) e autenticação de dois fatores, para permitir que você controle seus ativos enquanto ainda se beneficia da segurança do custodiante de terceiros.

Qual é a taxa para plataformas de custódia de criptografia?

Ao usar uma plataforma de custódia criptográfica, alguns provedores de serviços cobram taxas em troca de fornecer segurança aos seus fundos criptográficos. Além disso, você pode ter que pagar pelo envio e recebimento de criptografia por meio de sua conta. Essas taxas podem incluir taxas de custódia, taxas de configuração de conta e taxas de retirada.

  • Custodiantes terceirizados normalmente cobram uma taxa anual pelo gerenciamento de seus criptoativos. O custo varia entre as plataformas, mas a maioria dos custodiantes cobra menos de 1% do valor total de seus ativos.
  • Você pode ter que pagar uma taxa para configurar sua conta com um custodiante. Embora a maioria das plataformas tenha uma taxa fixa definida, nem todas cobram uma taxa pela configuração da conta.
  • As retiradas também podem incorrer em um custo baseado em porcentagem. Por exemplo, soluções de custódia de criptomoedas de terceiros, como a Coinbase, cobram até 1% do valor da retirada.

Comparando as taxas de custódia de terceiros e autocustódia, você pode achar que esta última é uma opção mais econômica. Com a autocustódia, você pode evitar esses três tipos de taxas.

Escolhendo a opção certa de custódia de criptografia

A custódia de criptomoedas é crucial para o gerenciamento seguro de ativos digitais. No entanto, escolher a opção correta de custódia de criptografia é essencial com base em suas necessidades. A autocustódia é ideal para usuários que buscam mais autoridade sobre seus ativos, geralmente obtida por meio de uma carteira fria.

Como alternativa, você pode optar por custodiantes terceirizados se for iniciante ou não quiser se envolver nas complexidades do gerenciamento de carteiras. Embora essa opção possa custar uma porcentagem, ela facilita o gerenciamento.

Se você não se sente à vontade com o fato de terceiros terem muito controle sobre seus ativos, a custódia parcial é uma excelente opção, fornecendo controle e mantendo alta segurança.

Comentários 0

    Os mais lidos

    Windows 10 Ghost Spectre