Como montar uma imagem ISO no Windows sem programas

Por Xerife Tech, 29.01.2024 às 9:35 181

Desde o lançamento do Windows 10, o sistema operacional da Microsoft permite que arquivos de imagem sejam montados de forma rápida e fácil utilizando recursos próprios. Esta possibilidade simplificou bastante este tipo de processo, que antes devia ser realizado através de software específico. Neste post vamos ver como montar uma imagem ISO no Windows sem programas externos.

Também revisaremos brevemente o que é exatamente um arquivo ISO e quais são as principais vantagens que ele nos oferece antes de explicar o método de montagem no Windows 10 e no Windows 11.

O que é um arquivo ISO?

Un Arquivo ISO ou imagem ISO (ambos os nomes são válidos), é um tipo específico de arquivo usado para armazenar uma cópia exata ou imagem exata de um sistema de arquivos em uma unidade óptica. Eles são identificados por terem a extensão .iso.

iso

Quando copiamos, por exemplo, o conteúdo de um CD ou DVD neste formato, geramos uma cópia exata dele. Isso significa que, na hora de montá-lo no computador, ele o reconhecerá como se fosse o disco original.

A nomenclatura ISO se deve ao uso do protocolo ISO 966880 ou Protocolo de formato de disco universal (UDF). Este é um sistema de arquivos popular que usa gravadores de CD e DVD como dispositivos de armazenamento. Além disso, embora a ISO 9660 tenha nominalmente um formato “somente leitura”, é possível ler e modificar seu conteúdo em outras mídias, incluindo o disco rígido de um computador ou um dispositivo de memória externo.

O grau de fidelidade dessas cópias faz com que isso o formato de arquivo mais usado na distribuição de cópias de sistemas operacionais como Windows 10 ou Windows 11. Lembre-se que para montar uma imagem ISO em uma versão anterior do Windows será necessário utilizar um programa de terceiros.

Vantagens de usar um arquivo ISO

É sempre preferível gravar uma imagem ISO do que gravar o conteúdo diretamente no disco. Além de sua conservação ser mais simples, é um recurso muito mais sólido e confiável. Abaixo listamos algumas de suas principais vantagens:

  • Eles oferecem uma cópia exata do disco. Uma imagem ISO é idêntica à do disco, mas sem o formato físico.
  • Inclui dados completos do arquivo, também as informações do cabeçalho, algo que normalmente se perde quando fazemos uma cópia normal.
  • Ele pode ser salvo em um disco rígido e na nuvem.
  • Está melhor preservado, uma vez que não se desgasta. Isso significa que podemos recorrer a ele sempre que precisarmos.
  • Você pode “montar” a imagem ISO como um disco normal, com a ajuda de programas de terceiros ou do próprio sistema operacional. Falamos exatamente sobre isso nos parágrafos seguintes:

Etapas para montar uma imagem ISO no Windows 11

Apesar do seu início um tanto hesitante, deve-se reconhecer que o Windows 11 introduziu muitas melhorias em comparação com o Windows 10 em muitos aspectos. Quanto ao tema que nos interessa neste artigo, não há dúvidas, pois todo o processo é executado com apenas alguns cliques. É assim que se faz:

  1. Para começar, procuramos a pasta que contém o arquivo ISO baixado.
  2. Em seguida fazemos Clique duas vezes no arquivo com o objetivo de poder montá-lo em um drive virtual. Isso será exibido no File Explorer, no menu esquerdo. Se o clique duplo não funcionar, podemos tentar clicar com o botão direito e, no menu pop-up, selecionar a opção «Monte”.
  3. Uma vez montada a imagem ISO, é necessário excluir arquivo da unidade virtual, o que podemos fazer selecionando-o no Explorer com o botão direito sobre ele e escolhendo a opção «Ejetar“.

Etapas para montar um arquivo ISO no Windows 10

Antes do Windows 11, já era possível montar uma imagem ou arquivo ISO nativamente com o Windows 10. O processo de como montar uma imagem ISO no Windows 10 Também é muito simples. Depois de localizar o arquivo em questão, devemos seguir estas etapas:

  1. Em primeiro lugar, fazemos clique duas vezes no arquivo ISO. Em circunstâncias normais, isso deve ser suficiente para o Windows iniciar o processo de montagem de seu conteúdo como uma unidade virtual no Windows Explorer.
  2. Se o acima não funcionar, tentamos fazer clique com o botão direito no arquivo ISO e, na caixa de opções que aparece, selecione “Montar”.
  3. Terminado o processo, fazemos clique com o botão direito no drive virtual no Windows Explorer e selecione a opção «Ejetar«. A partir desse momento, o arquivo ISO não estará mais disponível.

Importante: Às vezes, o método de montagem não funciona porque os arquivos ISO estão vinculados a um programa de compactação como WinZip ou similar. Caso isso aconteça, antes de iniciar o processo será necessário desativar este programa.

Comentários 0

Por favor, dê-nos o seu valioso comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

    Bloqueador de anúncios detectado!!!

    Detectamos que você está usando extensões para bloquear anúncios. Por favor, ajude-nos desativando esse bloqueador de anúncios.

    Powered By
    Best Wordpress Adblock Detecting Plugin | CHP Adblock